Daily Archives: 18 de julho de 2017

Bahiafarma obtém registro da Anvisa para fabricação de insulina

Bahiafarma obtém registro da Anvisa para fabricação de insulina

Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17), o registro concedido à Bahiafarma para produção e distribuição de insulina em território nacional. A partir de agora, o laboratório público está apto para fornecer o medicamento ao Sistema Único de Saúde (SUS). Para o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, essa é uma conquista da Bahia que beneficiará todo o país. “A gestão da Bahiafarma está atuando no sentido de termos, em pouco tempo, uma fábrica de insulinas no Estado, o que permitirá não apenas a regularização da distribuição de insulina a todo o Brasil, mas também o fortalecimento dos parques industrial e tecnológico da Bahia”, afirmou. O projeto é fruto de uma parceria entre a Bahiafarma e a empresa ucraniana Indar, uma das líderes mundiais na fabricação de insulina. O acordo prevê a instalação de uma unidade de produção do medicamento na Bahia para abastecer o mercado nacional. “Depois que a unidade estiver pronta, a tendência é que sejam encerrados os repetidos problemas de desabastecimento de insulinas no Sistema Único de Saúde”, explicou o diretor-presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias. “Nosso parceiro Indar, um dos maiores e mais importantes produtores de insulinas do mundo, tem todo o know-how para nos auxiliar neste processo, que vai resultar na mudança de patamar da indústria farmacêutica no Norte-Nordeste brasileiro, com atração e formação de mão-de-obra altamente qualificada”, acrescentou. Em maio, a presidente do laboratório ucraniano, Liubov Vishnevska, conheceu a unidade da Bahiafarma em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, que será a sede da produção de insulinas e onde já são realizadas obras de adequação. No fim de agosto, está prevista a visita técnica à Ucrânia de uma comitiva da Bahia, liderada pelo governador Rui Costa.

Preso em operação contra jogo da Baleia Azul confessou ter feito pelo menos 30 vítimas

Jovem preso no RJ confessou ter feito pelo menos 30 vítimas. Foto: Divulgação

Uma operação realizada na manhã desta terça-feira (18) por policiais civis em nove estados brasileiros tem como alvo suspeitos de envolvimento com o jogo “Baleia Azul”, praticado em comunidades fechadas em redes sociais como Facebook. O objetivo do jogo, do qual participam geralmente adolescentes, é cumprirem 50 tarefas determinadas pelos “curadores” – o último desafio a ser cumprido é o suicídio. A operação Aquarius, como foi batizada, cumpre mandados em 20 municípios e é coordenada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Polícia Civil fluminense. Um jovem foi preso na favela de Nova Era, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense: Matheus Silva, 23 anos, confessou aos policiais ser curador do jogo e disse ter feito pelo menos 30 vítimas. Os agentes também apreenderam telefones celulares e computadores de suspeitos. As ordens judiciais são cumpridos nos estados: Amazonas, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Robôs serão melhores parceiros sexuais do que qualquer ser humano, diz especialista

Em franco crescimento, espacialmente no Oriente, o mercado de bonecas hiperrealistas pode se tornar ainda mais interessante no futuro. De acordo com Joel Snell, especialista em robótica do Kirkwood College, nos Estados Unidos, em algumas décadas os robôs devem se tornar melhores parceiros de cama do que qualquer ser humano. “Porque podem ser programáveis, os robôs vão atender aos desejos de cada indivíduo”, afirmou em entrevista ao Metro. “O sexo robótico será viciante. Os robôs sempre estarão disponíveis e nunca vão dizer ‘não’. Assim, o vício será facilmente mantido”. Especialistas em tecnologia acreditam que, por volta de 2050, o sexo com robôs será considerados comuns. Alguns afirmam até mesmo que um relacionamento amoroso com as máquinas não será algo estranho.

Bahia: Adolescente é encontrada morta e pai é suspeito do crime

Adolescente foi encontrada enforcada dentro de casa.

Uma adolescente de 16 anos foi encontrada morta nesta segunda-feira (17), próximo ao distrito de Riacho Seco, zona rural de Curaçá, no norte da Bahia. Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil local ao blog do Carlos Brito, a vítima, Ana Carla da Silva Oliveira, estava dentro de um imóvel com uma corda envolta do pescoço, aparentando ter morrido em decorrência de enforcamento. A polícia já iniciou as investigações, mas a principal suspeita é de que o autor do crime seja o próprio pai da jovem, de 44 anos. De acordo com a polícia, o homem fugiu e teria levado os documentos da filha. Ainda não se sabe o que teria ocorrido dentro da casa antes da morte da jovem.