Daily Archives: 19 de julho de 2017

Jitaúna: Bandidos roubam dois aparelhos celulares em menos de cinco minutos

Resultado de imagem para celulares sao roubados na cidade

O roubo de celular disparou em Jitaúna nos últimos dias. No inicio da noite desta terça-feira (18), dois elementos armados a bordo de uma motocicleta modelo Bros de cor preta com uma faixa amarela abordaram uma vítima na Rua Etelvino Gonçalves no Bairro Novo, próximo ao Estádio e roubaram um aparelho celular. Segundo informações os elementos pediram para a  vítima não olhar para suas faces, após s afastarem alguns metros, um dos marginais deflagrou um tiro em direção a vítima, más o disparo atingiu o chão. Momentos antes uma outra mulher teve o seu aparelho celular roubado no pátio de sua casa supostamente pelos mesmos elementos no bairro BNH. A Policia Militar foi informada e saiu em diligencia. Em Jitaúna, só nos últimos dois meses, foram roubados quase 15 aparelhos. (Jitaúna em Dia)

Moradores de Apuarema, Córrego de Pedras, Itaibó e Santa Terezinha sofrem com a BA-549

Estrada é usada por moradores de três distritos e da cidade de Apuarema.

Os dias têm sido difíceis para quem precisa trafegar na BA-549, trecho que liga a BR-330 aos distritos de Santa Terezinha (Jitaúna) Córrego de Pedras (Ipiaú), Itaibó (Jequié), e à cidade de Apuarema. Com as chuvas que caem na região há mais de 40 dias, a estrada se tornou em um atoleiro e tem feito diversas vítimas diariamente. A rodovia, de responsabilidade do governo do estado, é de grande importância para os moradores dessas localidades que se locomovem para cidades como Ipiaú, Jitaúna e Jequié. A falta de manutenção na BA-549 é um problema antigo e que já gerou protestos com interdições da estrada por algumas vezes.
Os raros serviços de encascalhamento são executados pela prefeitura de Jitaúna e Ipiaú. Um abaixo-assinado já foi realizado por um grupo de moradores pedindo ao governador Rui Costa a pavimentação asfáltica da BA-549, mas ainda não tiveram resposta. “É um sonho antigo dos moradores da região, uma obra que sem dúvida, facilitaria o escoamento da produção agrícola, a fluidez do tráfego dos veículos, além de promover o acesso da população aos serviços básicos de saúde e educação”, comentou o proprietário de uma fazenda nas imediações de Córrego de Pedras. (Giro Ipiaú)